Como Construir Bons Negócios: Tudo Que Você Precisa Saber Para Mudar de Vida Hoje

0

Procurando por bons negócios? Se você está querendo construir um negócio de sucesso, confira as dicas que reuni neste artigo!

Olá caros empreendedores,

Muito mais do que somente abrir negócios, queremos construir negócios que sejam matadores e bem-sucedidos, não é verdade?

E como será que fazemos para garantir que estamos criando bons negócios?

bons negócios

Todo negócio começa com uma ideia e buscar pelas ideias mais quentes do momento é uma forma de já começar com maiores chances de sucesso.

Mas será que existe uma receita, um passo-a-passo ou uma fórmula para criar um negócio bem-sucedido?

Bom, posso te decepcionar dizendo que não, não existe uma fórmula mágica para construir bons negócios.

Mas sem dúvida há conhecimentos que podem auxiliar e fatores que devem ser observados para garantir o sucesso de um novo negócio ou empreendimento.

Por isso, nesse texto você vai encontrar:

  • As ideias de negócios mais quentes do momento;
  • 03 Dicas para construir bons negócios.

Confira!

Criando bons negócios: as ideias mais quentes do momento

Reuni abaixo oito áreas bastante promissoras para você construir bons negócios.

Dá uma olhada:

 1. Comida de rua / Food Trucks

Food truck, food bike  e outros modelos de negócios baseados em comida de rua são ideias promissoras.

Esse tipo de negócio já faz sucesso lá fora em diversos países e têm ganhado espaço no Brasil há pouco tempo.

O que no começo parecia apenas uma moda passageira, hoje já é um modelo de negócio interessante e promissor.

Esse tipo de comércio tem a vantagem de exigir um investimento inicial menor do que um estabelecimento convencional.

Além de permitir que se altere a localização, atendendo em feiras e eventos gastronômicos.

O Sebrae tem um guia bem interessante para você que pensa em empreender nessa área, veja aqui.

E eu mesmo já escrevi várias ideias para negócios de alimentação, inclusive com a quantia em R$ que você pode faturar em média. Leia aqui.

2. Serviços para a terceira idade

bons negócios - serviços para terceira idade

Atualmente a expectativa de vida média da população brasileira é de 75 anos (conforme dados de 2014 do IBGE).

E com a evolução da medicina, tanto para prevenção como para tratamentos de saúde, a tendência é que essa expectativa de vida só aumente nos próximos anos.

Com isso, temos um mercado crescente de pessoas com maior idade, que têm necessidades e padrões de consumo próprios.

Assim, investir em negócios focados a atender essa fatia de mercado é um “filão” que você pode não ter imaginado.

Serviços como cuidadores de idosos, casas de repouso com cara de hotel, além de produtos para esse público são alguns exemplos de bons negócios a se criar.

Afinal, o que você precisa pra começar é muita paciência e uma página na internet para divulgar os seus serviços.

Um amigo muito próximo a mim criou uma empresa de monitoramento de idosos.

O serviço é simples: um botão de emergência é entregue a um idoso. Caso ele passe por algum momento de urgência ou necessidade, ele aciona o botão e uma ambulância vai na hora pra residência do idoso.

3. Economia compartilhada

bons negocios economia compartilhada

A economia compartilhada é uma tendência que veio para ficar e nos próximos anos deve crescer ainda mais.

Temos exemplo bastante conhecidos como o caso da plataforma Airbnb, onde é possível alugar quartos, apartamentos, casas e outras moradias através do site ou aplicativo.

Também temos visto crescer os co-working, escritórios compartilhados, onde por um valor acessível é possível ter uma estrutura básica para trabalhar que ainda possibilita o networking.

Lá fora, temos também vários exemplos de negócios que consideram a economia compartilhada.

Nos Estados Unidos é possível alugar além de moradia, carro, bicicleta, dentre muitas outras possibilidades.

É possível criar vários bons negócios baseados na economia compartilhada!

Pense nisso. Desenvolva sua ideia e coloque para rodar.

4. Mercado pet

bons negócios - mercado pet

Em 2015 o mercado de pets movimentou 18 bilhões no Brasil, segundo dados da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação).

Sem dúvida esse é um mercado muito promissor.

E têm surgido cada vez mais negócios inesperados focados nesse mercado.

Padaria e planos de saúde para pets são alguns exemplos disso.

Eu falo mais sobre algumas ideias de negócio nesse mercado, inclusive com estimativa de investimento inicial e faturamento, nesse artigo aqui:

12 Ideias de Negócios Para Abrir com Pouco Dinheiro

5. Negócios na área de tecnologia

Desde a criação de aplicativos mais simples até tecnologias mais avançadas baseada em IoT (Internet Of Things) e Impressão 3D são mercados em alta no momento.

E quando falamos no mercado brasileiro há muitas possibilidades ainda a serem exploradas.

Podendo inclusive buscar inspiração lá fora para achar bons negócios para implementar por aqui.

Esses dois artigos podem te ajudar a encontrar algumas ideias nesse mercado:

Ideias de aplicativos: Conheça Apps Incríveis Que Milhões de Pessoas Já Baixaram

Impressoras 3D: O Que Elas Andam Fazendo Por Aí

6. Manutenção e reparos

Ainda estamos vivendo um momento de crise e recessão no Brasil.

E sabemos que ainda levará algum tempo para que o governo consiga equilibrar as contas e fazer a economia se normalizar.

Aproveitando esse momento, é possível investir em negócios de manutenção e reparo.

Sabemos que nesses momentos de incerteza econômica, muitas pessoas deixam de adquirir alguns bens.

Optando muitas vezes por consertar algo ao invés de comprar um item novo.

Desta forma, negócios de manutenção e reparo podem ser boas alternativas de negócios para se abrir nesse momento.

Também já escrevi um post sobre este assunto aqui, e está recebendo um grande tráfego porque as pessoas procuram mesmo por este assunto.

7. Alimentação saudável e produtos orgânicos

bons negócios - alimentação saudável

Com o acesso cada vez mais fácil às informações, as pessoas têm buscado cada vez mais por alimentos mais saudáveis.

E a tecnologia e melhorias em logística tem feito com que alimentos saudáveis e orgânicos sejam cada vez mais acessíveis.

Assim, é possível montar bons negócios nesse mercado…

Escrevi um artigo com algumas ideias de negócios relacionados à alimentação saudável, você pode conferir aqui!

8. Infoprodutos

Tem se tornado cada vez mais comum buscar por materiais didáticos de forma online.

Sejam guias, e-books e até cursos que são disponibilizados 100% pela internet.

Dessa forma, é possível adquirir quase qualquer tipo de conhecimento tendo um computador ou dispositivo móvel com acesso à internet.

Então, esse é outro mercado que listo aqui como sendo promissor para construção de bons negócios.

É possível criar diversos tipos de negócios relacionados a infoprodutos.

Desde a própria criação e comercialização desses materiais até a construção de portais de conhecimento que podem ser especializados em uma determinada área ou assunto.

Se você está buscando conhecimento nesta área, sugiro muito conhecer o treinamento Fórmula Negócio Online do Alex Vargas. Conheça por aqui.

3 Dicas para construir bons negócios

Agora que você já conferiu quais os mercados mais promissores…

Confira as dicas para construir os bons negócios!

Busque por esses 3 fatores para escolher uma ideia de negócio perfeita

Na hora escolher que tipo de negócio abrir é interessante buscar a convergência entre três fatores.

São eles:

  • Paixões pessoais;
  • Habilidades pessoais;
  • Demanda por parte do mercado.

Posso apostar que algumas dessas aqui são coisas pelas quais você é apaixonado:

Viajar, ler, pets, carros, tecnologia, vinhos, café, praia, corrida, cinema, seriados, videogame, futebol, etc., etc., etc.

Só citei míseros exemplos de possíveis paixões que uma pessoa pode ter.

bons negócios - paixões

Então, comece listando todas as paixões que você tem e que lhe vierem à mente.

Agora, tente avaliar quais dessas paixões que convergem com suas habilidades pessoais.

No que você é bom?

Por exemplo, você pode ser apaixonado por futebol, mas ser um verdadeiro “perna-de-pau”.

Lógico, não é porque você não sabe jogar muito bem que necessariamente você não possa abrir uma loja especializada em uniformes, por exemplo.

De repente você é bom em vendas, daí faz todo o sentido.

Mas analise se seus conhecimentos e habilidades pessoais são suficientes para construir um negócio a partir daquela paixão.

E depois avalie se há uma demanda de mercado por algo que você pretende criar ligado a essa paixão e às suas habilidades pessoais.

Faça um brainstorming e anote em um papel as ideias que surgem a partir desse exercício.

Claro, você não precisa necessariamente criar um negócio que esteja relacionado com algo que você goste muito.

Nem mesmo é pré-requisito que você tenha habilidades e conhecimentos específicos sobre a área onde pretende iniciar um negócio.

Já a demanda por parte do mercado, essa sem dúvida é crucial.

Mas quanto mais você conseguir alinhar esses três fatores, mais fácil será construir bons negócios.

Pense bem…

Imagine você tendo que trabalhar 12, 14, 16 ou mais horas por dia para começar seu negócio.

Agora imagine que seja em uma área que você simplesmente odeia ou apenas não goste muito…

Esse trabalho com certeza será desgastante, principalmente porque os primeiros resultados demoram um tempo para aparecer.

Agora imagine o contrário, pense que seu negócio é em uma área que você simplesmente ama…

É bem possível que 12 ou mais horas de trabalho diário passem tão rápido que você nem perceba.

Busque por modelos de negócio de baixo risco

bons negócios - risco

Quanto mais inovadora e disruptiva for a ideia de negócio que você tirar do papel, mais arriscada ela será.

Afinal, você não sabe como o mercado irá reagir, porque não há nada parecido para você se basear.

Mas independente de sua ideia de negócio propor ou não uma inovação, é importante buscar por modelos de negócio com que tenham menor risco envolvido.

Assim, não importando qual sua ideia ou área de atuação, busque por modelos de negócio que precisem de um baixo investimento inicial.

É bastante simples perceber que quanto mais dinheiro você tiver que colocar antes que o negócio dê certo e comece a gerar lucro, mais arriscado ele é.

Para te ajudar com ideias de negócio de baixo investimento, confira esse artigo: 12 Ideias de Negócios Para Abrir com Pouco Dinheiro!

Além disso, negócios que exigem menor capital de giro e manutenção de estoques, também possuem menor risco envolvido.

Utilize a estratégia do oceano azul para criar bons negócios

Você já ouvir falar na estratégia do oceano azul?

Bom, essa estratégia tem como objetivo criar novos mercados, ainda não explorados, onde a concorrência é praticamente irrelevante.

Esse conceito é apresentado no livro escrito por W. Chan Kim, “A estratégia do oceano azul“.

bons negócios - livro a estratégia do oceano azul

E qual a ideia por trás disso?

A maioria das empresas briga em mercados lotados de concorrentes…

Esse mercado tradicional marcado pela “luta sangrenta” entre concorrentes é chamado de “oceano vermelho”.

Já o “oceano azul” seria um novo mercado de “águas límpidas”, onde praticamente não há concorrência.

Então, para criar bons negócios, que tal buscar por oceanos azuis ao invés de ficar “brigando na faca” por uma fatia de um mercado já saturado?

E como funciona essa criação de oceanos azuis?

Bom, a ideia por traz dessa estratégia é criar um negócio que ao mesmo tempo gere maior valor e que tenha menor custo.

Para implementar uma estratégia de oceano azul é necessário identificar quais os atributos presentes no mercado que você deseja criar uma nova demanda.

A partir disso, você deverá decidir:

  • Quais atributos serão eliminados;
  • Quais atributos serão reduzidos;
  • Quais atributos serão aumentados; e
  • Quais novos atributos serão criados.

A partir disso, cria-se um modelo de negócio, com base na análise do mercado e demanda dos consumidores.

Uma estratégia de oceano azul precisa apresentar três características: foco, singularidade e mensagem consistente.

bons negócios - oceano azul

Infelizmente não dá para apresentar aqui nesse artigo todos os passos para criar oceanos azuis.

Mas o livro, mais do que apresentar um conceito, traz uma metodologia de como criar oceanos azuis.

Então, vale a pena a leitura para quem quiser colocar em prática e criar bons negócios.

Conclusão

Criar bons negócios que serão bem-sucedidos e sustentáveis ao longo do tempo é um desafio.

Mas nesse texto listei alguns mercados que são bastante promissores.

Além de algumas dicas para te ajudar a buscar por ideias e construir bons negócios.

Recapitulando:

Os oito mercados que listei como promissores para a construção de bons negócios foram:

  1. Comida de rua
  2. Serviços para a terceira idade
  3. Economia compartilhada
  4. Mercado pet
  5. Negócios na área de tecnologia
  6. Manutenção e reparos
  7. Alimentação saudável e produtos orgânicos
  8. Infoprodutos

E seguindo as dicas para construir bons negócios…

Você deve em primeiro lugar, ao escolher uma ideia de negócio, é interessantes buscar uma que envolva três fatores:

  • Paixões pessoais;
  • Habilidades pessoais;
  • Demanda do mercado.

Depois, o ideal é que você busque por um modelo de negócio de baixo risco, que exija baixo investimento inicial.

Além de baixo capital de giro e manutenção de estoques.

E, por fim, compartilhei a dica da criação de oceanos azuis.

Para ao invés de brigar para entrar em um mercado bastante concorrido…

Criar um novo mercado, onde praticamente não há concorrência.

O que você achou desse artigo?

O que você achou desse texto sobre como criar bons negócios?

Deixe sua opinião nos comentários abaixo!

Abraço e até a próxima!

Share.

About Author

Marcelo Pimenta é fundador da LeadseVendas.com, uma empresa especializada em aquisição de clientes (marketing de performance, SEO, landing pages, email marketing, growth hacking).Pós graduado pela ESPM e com especialização em Negócios Internacionais pela Florida International University (Miami, EUA).Foi Diretor de Marketing da Verisure Brasil, a maior empresa de Alarmes Monitorados da Europa.Foi um dos co-fundadores da Vale Presente Mastercard, onde atuou por 4 anos como Gerente Geral de Marketing e Produtos.Além disso, trouxe a marca americana de camisetas Threadless para o Brasil e foi head da área de social commerce da varejista Magazine Luiza.Ajuda empreendedores em todo o Brasil e organiza o meetup dos Growth Hackers de SP http://meetup.com/growth-hackers-spLinkedin: http://br.linkedin.com/in/pimentamarcelo/ e-mail: pimenta@businessideas.com.br

Leave A Reply