Sobre o Blog Business Ideas

Business Ideas é um Blog sobre negócios e startups. Escrito por Marcelo Pimenta.

Seu objetivo é encontrar no mundo os negócios mais promissores, ideias e conceitos que estão prontos para adaptações regionais e ajudar brasileiros a encontrarem novos caminhos, expansão, parcerias, investimento e colaboração.

É o primeiro blog brasileiro a compilar ideias de negócio para quem não sabe que tipo de empresa abrir.

Golden Gate San Francisco

Se você alguma vez se perguntou alguma dessas questões, esse é o seu lugar!

“Que tipo de negócio eu posso abrir?”

“Onde eu posso me inspirar para encontrar ideias de negócio?”

“Como eu posso crescer o meu negócio?”

“Como posso captar investimento para minha startup?”

“O que faço para aumentar as minhas vendas?”

“Como ser um empreendedor de sucesso?”

Aeroporto de San Francisco

Quem é Marcelo Pimenta?

Sou Marcelo Pimenta, o criador do Blog www.BusinessIdeas.com.br e fundador da empresa de aquisição de clientes LeadseVendas.com

Aqui já são mais de 15.000 visitas mensais, então imagina a quantidade de pessoas vendo isso.

E esse conteúdo eu escrevi só pra você que está lendo sobre mim.

Quero te dizer obrigado por estar aqui tão próximo, dentro desta caixa de emails que é só sua.

 

Você pode ler até o final e obter insights que só um empreendedor “ralado” poderia lhe ensinar.

 

Eu não sei em que momento da vida você está…

 

Mas imagino que você tenha um negócio próprio e quer crescer, ou está pensando em abrir o primeiro.

 

Geralmente eu escrevo para pessoas que estão nos mais variados estágios da carreira.

 

Desde donos de pequenos bares até CEOs de empresas multi-milionárias (como é o caso de um amigo meu que roda o maior e-commerce de cosméticos do país).

 

E, caro leitor, vou te falar uma coisa:

 

Não tem nada nesse mundo que me faz mais feliz do que ajudar pessoas a mudarem o rumo de suas histórias.

 

Especialmente ajudar pessoas que queiram ser ajudadas!

 

Pessoas que estão com fome de mudança, de transformação e de impacto.

 

Se você me conhecesse pessoalmente, saberia que eu não tolero gente que não quer nada da vida.

 

Que fica a deriva esperando a luz divina…

 

Eu não tenho paciência pro ócio porque a vida é muito curta e nós precisamos fazer a mudança hoje.

 

E em cada novo dia que chega.

 

Sabe por quê?

 

Porque senão seremos apenas coadjuvantes de uma vida que passa por nós.

 

De uma vida que definiu pra nós o NOSSO destino, e não o contrário.

 

Eu estava falando com minha esposa alguns dias atrás e perguntei:

 

“Você acredita em destino?”

 

E ela disse que sim.

 

E eu pensei comigo mesmo:

 

Na verdade, o que as pessoas chamam de destino é uma mistura entre “cosmos” e o que você faz da sua própria vida.

 

Do que você decide fazer com a sua própria vida.

 

Ou você acha que se você não sair por aí conhecendo pessoas você vai obter sucesso?

 

Você acha que se você não sair por aí divulgando seu negócio e vender você vai conseguir crescer?

 

As suas decisões vão falar por você.

 

Vou dar alguns exemplos:

 

Aquela vez na sua adolescência que você decidiu ficar em roda de amigos que não te acrescentavam em nada, além de papo idiota, bebida e maconha.

 

Aquela vez que você decidiu não fazer um vestibular em outro Estado (“ah, é muito longe, vai dar trabalho”).

 

Daí você nunca entraria naquela universidade.

 

Aquele dia que você decidiu ficar morando com os pais até os 40 anos e não foi passar perrengue pra ver como era a vida de verdade.

 

Aquele dia que você decidiu se entregar só pra sua família, porque eles são MUITO IMPORTANTES e não foi atrás de pessoas melhores do que você. Pra se inspirar, pra aprender e pra perguntar o que elas fizeram…

 

Aquele dia que você perdeu a hora, chegou atrasado em uma entrevista e o diretor já meio que te cortou porque você é meio desleixado (embora ele tenha te tratado muito bem).

 

Aquele dia em que você ficou dando mancadinhas com o seu chefe, durante vários meses, e logo depois recebeu um belo pé na bunda…

 

Naquele dia em que você se apaixonou por uma pessoa que não gostava muito de trabalhar, mas continuou o namoro porque… “ah Marcelo, agora é difícil separar…”

 

E o meu ponto crucial aqui…

 

(que talvez você esteja passando neste momento)

 

Esse dia de hoje que você diz pra você mesmo:

 

“Ah, eu ganho meu salário de R$7.350 por mês. Pra que eu vou arriscar isso em algo que eu não sei se vai dar certo?”

 

E daí eu te falo:

 

Ok amigo. Se você gosta de estabilidade (enquanto eu não suporte essa palavra).

 

Continue ganhando os seus R$7.350 por mês.

Respeito totalmente a sua posição se for isso que você realmente quer.

 

Se você tiver um dissídio de 8.5% no ano que vem você vai receber R$7.974,75 por mês.

 

Será que é isso que você realmente quer?

 

Ou será que é isso que você tem pra hoje?

 

E vai continuar tendo amanhã, depois, depois, até virar diretor, presidente…

 

Mas enfim, se você continuar nessa linha, provavelmente você terá uma vida fantástica, não tenha dúvida.

 

Mas igualmente, você nunca saberá se poderia ter criado uma vida só sua.

 

Talvez de ganhos extraordinariamente maiores…

 

Talvez somente pelo fato de você não querer mais um chefe xarope, que te xinga de “FDP”.

 

Ou por não querer chegar no escritório as 09h, fingir que trabalha o dia inteiro até as 19h e ir pra casa… Todos os dias…

 

Eu mesmo não gosto da ideia de ter que ficar fixo em um lugar.

 

E se no mês que vem eu quiser ir pro Japão? Como farei isso preso em um escritório?

 

Eu não tenho nada com a sua vida, mas eu penso dessa forma.

 

Aliás, eu tenho 32 anos de idade. Sou um pequeno moleque escrevendo esse texto em um computador qualquer.

 

Mas te garanto que eu ralei muito viu…

 

E nesses 15 anos de trabalho pesado (no início eu tive 3 profissões simultâneas) uma coisa que eu posso te falar é a seguinte:

 

Tudo está na sua cabeça amigão.

 

Tudo que você faz são escolhas escondidas entre o SIM e o NÃO.

 

Enquanto eu era diretor de uma multinacional eu decidi acordar todos os dias as 06h da manhã e começar um novo negócio no meu tempo fora de lá.

 

Daí eu acordava as 06h, trabalhava até as 08h30, ia pro escritório da multinacional, trabalhava lá até as 19h30, voltava pra casa, trabalhava até as 00h no meu negócio e dormia…

 

Cara, eu fiz isso por um ano.

E não tive nenhuma sequela por conta disso.

 

Aliás, aquilo me motivava de uma maneira maluca.

 

E saí daquela empresa pra tocar a minha vida sozinho de novo.

 

Pela primeira vez sozinho e sem um sócio. Porque eu já tive outras empresas.

 

Não me arrependo nem um pouco.

 

Você entende o que eu quero dizer aqui?

 

Escolher acordar cedo, fazer algo foda pra você mesmo e com foco extremo pode fazer parte da sua vida também.

 

Mas desculpe caro leitor.

 

Isso não é pra qualquer um.

 

Geralmente é praquele tipo de pessoa que comenta, que pergunta, que se mexe.

 

Gente que ta a fim de mudar, mudar, mudar!!!

 

Que me pergunta segredos e truques escondidos em detalhes totalmente técnicos.

 

Que tem a humildade de falar: cara, o que você acha dessa ideia?

 

Eu faço isso o tempo todo com os caras que me inspiram.

 

Eu pergunto coisas que nem eles imaginavam saber.

 

Pense nisso por um instante. Só por 10 segundos…

 

Quando você vai a uma palestra, você é o cara que faz as perguntas no final?

 

Ou você consome aquele conteúdo e esquece tudo amanhã?

 

O mundo está cheio de gente assim.

 

E vazio de gente que anota, que se incomoda, que pergunta e aplica na prática os conceitos aprendidos todos os dias.

 

Chega por hoje…

 

Como eu te falei ali e cima, o meu maior prazer é poder ajudar pessoas a transformar suas vidas.

 

Por isso eu tenho um canal aberto com meus leitores.

 

E sempre respondo à suas dúvidas através de conteúdos como artigos, vídeos ou meu podcast.

 

Dúvidas sobre como abrir o negócio, dúvidas sobre uma ideia de negócio que você tem em mente e dúvidas sobre como adquirir clientes pra sua empresa.

 

Enfim, lots of business ideas here!

 

Se você quiser enviar sua dúvida ou comentário, mande para pimenta@businessideas.com.br

 

Um grande abraço e nos vemos por aí!

 

Marcelo Pimenta

Do Blog Business Ideas

E fundador da empresa de aquisição de clientes LeadaseVendas.com

 

PS: envie sua pergunta sobre qualquer tipo de negócio, sobre as dúvidas que você tem ao abrir um negócio ou tocar um negócio. Eu vou responder por e-mail e quem sabe até com um post direcionado só pra você. Eu quero te ajudar, então pergunte! #PimentaResponde

 

A Crônica de San Francisco

O meu objetivo com esse blog é te inspirar a abrir o seu negócio.

Na maioria das vezes são modelos de negócios que estão rodando fora do Brasil.

E quero passar também algumas dicas sobre vendas, sobre marketing, sobre “como crescer um negócio” e sobre a minha visão do mercado em geral.

Na verdade eu quero compartilhar isso tudo porque o mundo é redondo.

Tudo vai e volta.

Na longa história da humanidade, aqueles que aprenderam a colaborar e improvisar prosperaram com mais eficiência.
Charles Darwin
(1809-1882, cientista naturalista inglês)

 

Sobre Marcelo Pimenta

Marcelo Pimenta

Marcelo Pimenta é fundador da LeadseVendas.com, uma empresa especializada em aquisição de clientes (marketing de performance, SEO, landing pages, email marketing, growth hacking).

Pós graduado pela ESPM e com especialização em Negócios Internacionais pela Florida International University (Miami, EUA).

Foi Diretor de Marketing da Verisure Brasil, a maior empresa de Alarmes Monitorados da Europa.

Foi um dos co-fundadores da Vale Presente Mastercard, onde atuou por 4 anos como Gerente Geral de Marketing e Produtos.

Além disso, trouxe a marca americana de camisetas Threadless para o Brasil e foi head da área de social commerce da varejista Magazine Luiza.

Ajuda empreendedores em todo o Brasil e organiza o meetup dos Growth Hackers de SP.

Linkedin: br.linkedin.com/in/pimentamarcelo/

e-mail: pimenta@businessideas.com.br

Cheers!

Marcelo Pimenta no Painel de Giz da Evernote